Incensos naturais: aprenda como escolher o melhor para o seu cantinho

Imagem reproduzida do google images

Após um dia longo de trabalho, nada melhor do que chegar em casa e descansar, Inclusive, se a sua ideia é criar uma atmosfera convidativa e acolhedora, uma dica bacana é se jogar, sem medo, no uso dos incensos naturais. Já ouviu falar?

Excelentes para atrair boas energias e, de quebra, deixar o ambiente cheirosinho, esses produtos podem ser encontrados em inúmeros aromas, como aqueles de flores, de ervas e plantas. Assim, basta escolher o seu favorito e, em seguida, utilizá-lo para enriquecer o seu lar.

Dito isso, e pensando em te ajudar a começar 2024 com tudo, preparamos um conteúdo especial a respeito do assunto. Aqui, você encontrará os detalhes dos incensos naturais, além de sugestões para aprender a fazer o seu próprio aromatizante. Continue com a gente e inspire-se!

O que são os incensos naturais?

Antes de mais nada, é sempre bom entender, de fato, o que são incensos naturais. Em linhas gerais, esses artigos são compostos por uma série de materiais aromáticos que, ao serem queimados, passam a emitir fumaça e aromas com diferentes finalidades.

Entre as principais delas, podemos destacar: a possibilidade de renovar completamente a vibe de um ambiente, além de servir como um auxílio para a prática de relaxamento e meditação. Há ainda, quem utilize o incenso somente para adicionar um cheirinho especial na casa, a deixando mais agradável e intimista.

Atualmente, e diante de tamanha procura, é possível encontrar uma ampla variedade de incensos por aí. Entretanto, as versões naturais vêm ganhando destaque uma vez que, como o seu próprio nome já diz, elas são produzidas a partir de elementos originais da natureza, como é o caso das ervas e dos temperos. A ideia, portanto, é usar esses aromas para as mais diversas finalidades.

Quer ver só? Enquanto existem folhagens que são ótimas para acalmar e tranquilizar a mente; outras podem ser aproveitadas para estimular a nossa atenção e despertar a criatividade. Fora isso, algumas pessoas acreditam que esses cheirinhos milagrosos conseguem promover uma limpeza energética no espaço, nos auxiliando a vencer todo e qualquer desafio. Bem interessante!

O que são os incensos naturais?

Os tipos de incensos naturais

O que pouca gente sabe é que também existem algumas variações dos incensos naturais, principalmente no que diz respeito ao formato desses artigos. Hoje em dia, por exemplo, há as versões em varetas, que variam entre grossas e finas; as opções em bastão e, até mesmo, as em pó.

Contudo, o que vale mesmo é prestar atenção à composição do produto, uma vez que as alternativas em pó ou em palito podem contar com componentes artificiais que, ao longo do tempo, podem interferir negativamente em nossa saúde. A sugestão é priorizar as versões 100% naturais, que são aquelas desenvolvidas a partir de:

  • óleos essenciais;
  • carvão vegetal;
  • ervas puras;
  • resinas aromáticas e por aí em diante.

Para ilustrar, destacamos o incenso natural de ervas, que não possui nenhum tipo de condutor industrializado. Fora isso, tal alternativa apresenta uma combustão mais ágil e consegue apagar rapidamente, em poucos minutos após o início da queima.

Ainda é bacana frisar que, por ser feito somente com elementos naturais, o seu aroma é bem mais suave do que as demais versões, sendo uma ótima saída para quem possui um olfato mais sensível. Vale a pena experimentar!

Os tipos de incensos naturais

O Palo Santo

Ao falarmos dos incensos naturais, o Palo Santo não pode ficar de fora. Basicamente, o produto consiste em uma versão retirada diretamente do meio ambiente, assim como aquelas feitas somente com ervas completamente puras.

Para que isso seja possível, a árvore precisa morrer de forma natural na natureza. Após a sua queda, é necessário que o tronco siga descansando por alguns anos no mesmo local, produzindo as propriedades únicas e presentes no Palo Santo.

Por essas e outras, os especialistas afirmam que a madeira desse incenso é sagrada, com qualidades especiais. Além da vantagem da proteção e da purificação, o Palo Santo apresenta um efeito interessantíssimo para as mulheres, auxiliando a equilibrar o humor durante a TPM ou em períodos complicados.

Os tipos de incensos naturais: O Palo Santo

Como fazer os seus próprios incensos naturais?

Até aqui, você já sabe tudo sobre os incensos naturais: o que são e quais os seus benefícios. No entanto, chegou o momento de aprender como “colocar a mão na massa” e criar o seu próprio produto poderoso. Bora lá? É só seguir o nosso passo a passo!

Passo #1: escolhendo as ervas

Antes de qualquer coisa, é preciso encontrar as ervas que irão compor o incenso. Você pode selecioná-las de acordo com a sua preferência ou intenção. O ideal é sempre priorizar as plantas orgânicas ou cultivadas em casa.

Caso não saiba onde encontrá-las, vale pedir para amigos, familiares, vizinhos ou, quem sabe, dar uma voltinha em seu bairro e fazer uma busca completa. Algumas ervas bacanas para essa finalidade são:

  • alecrim;
  • lavanda;
  • alfazema;
  • arruda;
  • hortelã;
  • manjericão.

Passo #2: preparando as ervas

O próximo passo é preparar as ervas para montar o incenso natural. Nessa fase, será preciso cortar cada uma delas em um tamanho que varia entre 10 e 15 centímetros. Depois, junte todas e amarre bem, utilizando um barbante. Dica: também é legal fazer um nó bem firme, para que o incenso queime de maneira mais eficiente.

Passo #3: descansando o incenso

Ao finalizar o processo, você terá que manter os incensos naturais descansando em um espaço arejado e seco. Essa fase leva, em média, duas semanas. Ao fim desse período, as folhas já estarão bem secas e prontas para serem queimadas.

Com tudo pronto, basta utilizar um incensário ou um recipiente especial para acender o produto. Não se esqueça de deixá-lo em uma superfície segura e longe de itens inflamáveis. Com um fósforo ou isqueiro, queime o incenso pela sua extremidade — ou em seu primeiro nó — e aproveite os seus benefícios.

Como fazer os seus próprios incensos naturais?

E aí, bb: após essa chuva de dicas e inspirações, você já se sente preparada para usar e abusar do poder dos incensos naturais?

Daqui em diante, aproveite para colocar as nossas recomendações em ação e, em pouco tempo, será possível aproveitar todos os benefícios dessas belezinhas, garantindo que a sua casa fique cheirosa e repleta de bons fluidos.

Já se curtiu a ideia, lembre-se de compartilhar o post nas redes sociais. Temos certeza de que as suas amigas irão se amarrar no assunto. A gente se vê em breve!

Mondaine Brasil
Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *