Rayssa Leal: a história da jovem que arrasou nas Olimpíadas

Rayssa Leal: a história da jovem que arrasou nas Olimpíadas

Quem aí também está viciado em acompanhar as transmissões das Olimpíadas de Tóquio? Por aqui, estamos amando ver vários atletas superando os seus limites e trazendo inúmeras vitórias para o Brasil. E, um dos nomes mais comentados do último mês é o da jovem Rayssa Leal, de apenas 13 anos.

Também conhecida como “A Fadinha do Skate”, essa garota cheia de energia, talento e — muito! — carisma, conquistou de vez o coração dos brasileiros após vencer a competição de sua modalidade e alcançar uma medalha olímpica.

Mas, engana-se quem acredita que a sua trajetória começou “do dia para a noite”. Muito além disso, a maranhense já vinha se destacando com seus vídeos nas redes sociais e em diversas disputas por aí.

Assim, como uma forma de homenageá-la, viemos até aqui dividir um pouquinho de sua história com os nossos leitores fiéis. Para ficar por dentro e, quem sabe, se inspirar a embarcar em um novo esporte, continue com esta leitura supermotivadora. Bora lá!

Rayssa Leal: como a sua história começou

Ao acompanhar o sucesso de Rayssa Legal nas Olimpíadas de Tóquio, é difícil imaginar que a trajetória dessa jovem começou há um bom tempo. Tudo teve início em 2015, quando uma criança de 7 anos, muito esperta e curiosa, foi presenteada pelos seus pais com um belo skate.

A partir daí, a garotinha começou a praticar o esporte nas ruas da cidade de Imperatriz, no estado do Maranhão.

Naquele período, a menina passou a ganhar os olhares da população após praticar o esporte e, ao mesmo tempo, estar fantasiada com uma charmosa roupa de fada — todinha na cor azul.

O tempo passou e, com o desenvolvimento de suas habilidades, Rayssa conseguiu realizar uma manobra extremamente difícil entre os skatistas, chamada de “heelflip”. Foi então que o seu vídeo viralizou na internet e, em um piscar de olhos, muitos brasileiros ficaram encantados com o seu desempenho.

Para se ter uma ideia, Tony Hawk, um dos principais skatistas do mundo, embarcou na febre e também compartilhou o vídeo da menina brilhando muito nas ruas maranhenses.

Mas, não terminou por aí. Antes de ser reconhecida como um dos grandes nomes do esporte, a Fadinha foi vice-campeã mundial de skate aos 11 anos. Depois, ela foi indicada ao concorrido Prêmio Laureus — que, para muitos atletas, é tido como “O Oscar” das competições.

A trajetória de Rayssa Leal nas Olimpíadas de Tóquio

É claro que o talento de Rayssa Leal não se limitou aos campeonatos que ocorreram antes da pandemia. Mesmo com o mundo inteiro focado em combater a Covid-19, as Olimpíadas de Tóquio foram realizadas com êxito.

Aliás, foi durante o maior campeonato esportivo do mundo que a Fadinha do Skate conseguiu superar mais alguns desafios e voltar para o Brasil com uma incrível vitória.

Isso mesmo! No dia 26 de julho, a skatista alcançou a sua primeira medalha de prata na modalidade do skate street. Essa conquista a colocou no posto de atleta brasileira mais jovem a vencer uma competição olímpica.

rayssaleal1 - Rayssa Leal: a história da jovem que arrasou nas Olimpíadas

Confira a pontuação

Durante a disputa, a Fadinha recebeu a nota 2,94 dos juízes na primeira volta de 45 segundos. Já na segunda, ela se saiu muito melhor e ganhou 3,13. Em seguida, veio a famosa rodada das cinco manobras únicas.

Nessa etapa, a mais nova atleta do pedaço acabou caindo e foi descartada. Ao tentar pela segunda vez, acertou em cheio na manobra do corrimão, recebendo a nota 3,91. A batalha pelo pódio, porém, veio na última fase — quando ela tentou pela terceira vez e surpreendeu em mais uma manobra.

A sua nota foi 4,21. Por último, ainda tivemos outras avaliações: entre elas, Rayssa recebeu as notas 3,39 e 2,94. Essa somatória resultou na tão sonhada medalha de prata e muita festa para todos os torcedores.

Ao seu lado, as mais jovens se destacaram. Esse é o caso de Momiji Nishiya, a japonesa ganhadora do ouro; e Funa Nakayama, que levou o bronze. Dessa forma, o pódio foi formado por três adolescentes: uma de 16 e outras duas de 13 anos. Inspirador!

Bônus!

Para finalizar, também queremos destacar uma mensagem emocionante da garotinha que arrasou nas pistas em Tóquio. De acordo com Rayssa Leal, até os seus familiares mais próximos a recriminaram quando ela iniciou a sua trajetória no skate.

Por isso, a mais nova medalhista olímpica vive reforçando: “Não desista dos seus sonhos, mesmo que ninguém queira te apoiar. Quando comecei a andar de skate, muitas pessoas próximas e até alguns parentes quiseram me parar”.

rayssaleal3 - Rayssa Leal: a história da jovem que arrasou nas Olimpíadas

A importância do esporte para todos

Ao acompanharmos as disputas das Olimpíadas de Tóquio, ficamos repletas de vontade de embarcar no mundo dos esportes. Porém, infelizmente ainda é baixo o número de pessoas adeptas a essa prática. De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, em 2019, 80% dos adolescentes não realizam nenhuma atividade física — sendo recomendado, ao menos, 60 minutos por dia de exercícios.

Por essas e outras, é sempre bom reforçar a importância de manter o corpo sempre em movimento. Independentemente da modalidade escolhida, certamente, você conseguirá aproveitar inúmeros benefícios. Vamos te contar quais são eles:

  • é uma excelente saída para reduzir o estresse e a ansiedade;

  • você terá muito mais autoconfiança e se sentirá capaz de superar qualquer desafio;

  • a sua concentração ficará ainda melhor;

  • o seu peso também será mantido;

  • a sua resistência e condicionamento físico ficarão imbatíveis;

  • é uma ótima opção para estimular as atividades cognitivas;

  • diminui os riscos de doenças cardiovasculares.

rayssaleal31 - Rayssa Leal: a história da jovem que arrasou nas Olimpíadas

Diz aí, gatinha: depois de conhecer — e se inspirar — com a trajetória de Rayssa Leal no skate, você se motivou a botar o corpitcho para jogo e praticar algum esporte? Daqui para frente, a sua missão é escolher aquela modalidade que mais lhe agrada e, quem sabe, se destacar como um grande talento por aí. 

E, se você curtiu o post, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais. Temos certeza de que os seus amigos também vão adorar se aprofundar na história da nossa Fadinha do Skate. Até mais! 🛹

Mondaine Brasil
Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *