Para colorir: o Guia Completo da Análise Cromática

ParacoloriroGuiaCompletodaAnaliseCromatica1 1080x635 - Para colorir: o Guia Completo da Análise Cromática

Em algum momento da vida, é provável que você já tenha vivido a seguinte situação: viu uma roupa na vitrine, se apaixonou e levou para casa. No entanto, ao tentar integrá-la em seus looks, a peça não caiu legal. Consequentemente, o produto — que mal foi aproveitado — ficou esquecido no fundo do closet. Se identificou? Esse cenário pode ser explicado com a ajuda da Análise Cromática. 

De acordo com as experts no assunto, as cores possuem um papel fundamental em nossa produção. De acordo com a tonalidade utilizada, ela conseguirá valorizar ou prejudicar a nossa aparência. Por essas e outras, é superimportante explorar os tons que melhor conversam com as nossas características e, a partir daí, explorá-los ao máximo no dia a dia. 

Mas, para que isso aconteça é preciso entender a fundo o que é a Análise Cromática, como esse estudo funciona e os caminhos para descrevê-lo. E, felizmente, estamos aqui para te ajudar nessa empreitada. Continue ligada no post e mergulhe de cabeça no assunto. 

Entendendo o que é a tal da Análise Cromática 

Antes de tudo, vamos entender o que é a Análise Cromática? De modo geral, estamos falando de um estudo minucioso das cores presentes naturalmente em nosso corpo. Tais tonalidades são as responsáveis por compor a coloração pessoal de cada indivíduo. Isso significa, uma paleta formada pelos tons da pele, bem como, das madeixas e até dos olhos. 

Ao todo, essa análise serve para definir 12 grupos de cores. Para facilitar, as profissionais da área utilizam as tonalidades típicas das estações da natureza como referência — primavera, verão, outono e inverno.

Cada uma dessas opções também pode ser dividida em outras categorias, sendo:

  • A das cores intensas;

  • A das cores profundas; 

  • A das cores puras. 

Como resultado, é possível obter as seguintes cartelas de cores:

  • Verão puro | Inverno puro

  • Primavera pura | Outono puro

  • Primavera intensa | Outono intenso

  • Verão suave | Inverno suave

  • Inverno profundo | Outono profundo

  • Verão claro | Primavera clara

Dependendo das características físicas de cada um, existirão certas tonalidades que conseguirão realçar a sua beleza, deixando o seu rosto mais iluminado, suavizando a textura e certos traços.

Assim, e ao utilizar roupas e acessórios que se enquadram em sua paleta, será possível conquistar um look mais jovem, saudável e descansado. Os tons “errados”, por sua vez, farão com que a sua aparência fique um tanto apagada. Por vezes, até mais envelhecida. Interessante, né?

analisecromatica1 - Para colorir: o Guia Completo da Análise Cromática

Os tipos de pele no conceito da Análise Cromática

Ao estudar a fundo as características da pele, será possível descobrir a sua temperatura. Em outras palavras, se ela é quente ou fria. Abaixo, explicamos melhor sobre as duas opções.

Pele fria

São peles compostas por tons avermelhados e rosados. Esse é o caso das brancas e opacas, bem como, as negras azuladas. Tal pele também é aquela que tende a ficar bem vermelha ao se expor ao sol. Logo, as cores mais indicadas para esse caso são os tons de verde, azul, rosa e preto. Em relação aos brincos, colares e outros artigos, a dica é se jogar nas versões prateadas. 

Pele quente

Dermes que possuem um visual amarelado ou esverdeado. Normalmente, elas estão classificadas entre as claras e as escuras. Ao se expor ao sol, as peles quentes se bronzeiam facilmente — ao contrário das frias, que ficam queimadas. 

Agora, se a ideia é realçar os seus pontos fortes, o ideal é recorrer ao uso de tonalidades como o laranja, o coral e o vermelho. Acessórios com o visual metálico e dourado também são bem-vindos. 

Os efeitos que a Análise Cromática podem causar

Para realizar uma Análise Cromática certeira, será preciso considerar todos os detalhes presentes em seu rosto. Mas, não só isso. Ainda existem outros elementos relevantes, como a temperatura da sua pele, a profundidade da cor, o contraste e por aí em diante. 

Como esse trabalho é feito? Simples! Durante o processo, a Consultora de Imagem deverá colocar tecidos de diferentes colorações na frente de seu rosto e colo. Uma vez posicionado, esse material ajudará a especialista a identificar os tons que destacam os seus traços e fazem você ficar como uma diva. 

analisecromatica2 - Para colorir: o Guia Completo da Análise Cromática

As vantagens da Análise Cromática

  • O uso correto das cores irá suavizar as suas linhas de expressão; 

  • O método te ajudará a descobrir os tons que realçam o seu tom de pele; 

  • Você terá mais assertividade na hora de ir às compras; 

  • Também será possível escolher as cores mais indicadas para as suas madeixas e maquiagem. 

A indicação da Análise Cromática 

Ao falarmos sobre a Análise Cromática, muitas pessoas se perguntam: “será que esse serviço é indicado para qualquer um?”. Bem, a princípio todas as pessoas podem apostar nessa ferramenta. Ainda assim, existem situações em que o estudo é ainda mais recomendado. Te contamos já quais são elas!

  • Quando o indivíduo tem dificuldades em combinar diferentes cores; 

  • Quando a pessoa desconhece os tons que realçam a sua beleza; 

  • Quando há curiosidade para entender os tons que camuflam certas imperfeições;

  • Quando alguém deseja fazer compras mais assertivas e economizar. 

analisecromatica3 - Para colorir: o Guia Completo da Análise Cromática

Descobrindo a sua cartela de cores 

Tradicionalmente, a Análise Cromática deve ser realizada por uma Consultora de Imagem renomada e com ampla experiência em coloração. Entretanto, existem outros recursos que podem ser aproveitados por quem não tem acesso a esse tipo de serviço. 

Graças ao avanço da tecnologia, é possível conhecer a sua cartela de cores a partir do site Colorwise.me. Assim que visitar a plataforma, você conseguirá analisar os tons presentes em sua pele, olhos e cabelo. 

Em paralelo, a ferramenta irá indicar quais são as tonalidades recomendadas para você e que valorizam o seu look. Ah, ainda existem aquelas que devem ser evitadas ao máximo para não causar nenhum efeito desagradável. 

Não tem segredo. Para tanto, é preciso tirar uma selfie em boa resolução e que tenha uma iluminação natural. Ou então, caso prefira utilizar esse tipo de recurso pelo smartphone, considere baixar apps específicos para esse fim. O My Best Colors é ótimo.

analisecromatica4 - Para colorir: o Guia Completo da Análise Cromática

E aí, fashionista: curtiu saber mais sobre as maravilhas que a Análise Cromática pode proporcionar? Estamos torcendo, viu?

Daqui para frente, considere contar com os trabalhos de uma Consultoria de Imagem, ou então, experimentar ferramentas digitais para descobrir as cores mais indicadas para o seu perfil. 

Caso queira continuar se aprofundando no assunto, aproveite para conferir um vídeo que o time da Mondaine preparou exclusivamente sobre o tema. Vai ser show!

 

Mondaine Brasil
Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *