Skincare: conheça as argilas para pele específicas para cada necessidade

As práticas de skincare nunca estiveram tão em alta quanto agora. Em busca de um visual mais jovem e saudável, boa parte das pessoas vaidosas vive em busca de soluções capazes de controlar a oleosidade, reduzir as linhas de expressão, clarear manchas, entre outros detalhes que, muitas vezes, acabam interferindo em nossa autoestima.

Assim, dentro dessa categoria, o uso da argila para pele acabou conquistando um lugar especial entre as fashionistas. Acessível — e com uma série de benefícios — esse tipo de componente consegue promover milagres em nosso rosto, oferecendo estes e outros efeitos incríveis para garantir aquele glow que tanto desejamos.

Porém, se a ideia é arrasar nos cuidados e obter o melhor resultado possível, é muito importante entender qual o tipo de argila é o correto para a sua pele. Por isso, decidimos vir até aqui e compartilhar algumas dicas preciosas com você, querida leitora. Hoje, mergulhe de cabeça no assunto e utilize esse produtinho poderoso a seu favor!

Afinal, o que são e qual é a origem das argilas?

Nos últimos tempos, não tem dado outra: a argila para pele se tornou um dos assuntos mais comentados no mundo da beleza. Mas, antes de sabermos como utilizar esse item, nada melhor do que entender a fundo a sua origem.

De acordo com especialistas, as famosas argilas consistem em ativos naturais, extraídos diretamente das rochas vulcânicas. Logo, podemos dizer que tais elementos possuem origem mineral, sendo enriquecidos com uma série de nutrientes — como é o caso da água, do alumínio e do óxido de silício.

Os benefícios da argila para pele

Quando falamos em argila para pele, é sempre bom destacar que existem vááários benefícios que podem ser aproveitados ao utilizá-la. Porém, para obter o melhor resultado, é de extrema importância utilizar a opção mais indicada para as características da sua face.

Por exemplo: existem argilas que são recomendadas especialmente para combater a oleosidade; enquanto outras, servem para garantir mais viço e um aspecto saudável. De todo modo, selecionamos a seguir todos os pontos positivos do componente. Espia só!

  • É ótima para absorver as toxinas e remover as impurezas da cútis;
  • Ajuda a restaurar os tecidos da pele;
  • É uma ótima opção para renovar e clarear a derme;
  • Ajuda a remover as bactérias e, consequentemente, promove um efeito calmante;
  • Garante um aspecto mais macio e suave;
  • Combate os cravos e espinhas;
  • Apresenta ação antisséptica;
  • É uma grande aliada no combate ao envelhecimento;
  • Promove melhora na elasticidade.

Argila para pele: quais as opções mais indicadas?

Argila verde, rosa, branca… as opções disponíveis no mercado são muitas. Antes de garantir a sua, porém, é importante conhecer as suas principais indicações.

Argila verde

É ideal para as peles oleosas ou acneicas. O motivo? Essa opção possui ação adstringente, bactericida e, de quebra, secativa. Logo, estamos falando de um componente rico em substâncias diversas, que vão desde o cálcio, até o zinco, ajudando assim, a proteger e manter toda a pele calma. Fora isso, a versão apresenta ação antipoluição e, uma vez na face, auxilia na absorção das impurezas que acumulamos ao longo do dia.

Argila branca

Essa versão é ideal para pessoas que possuem a pele bem sensibilizada e um tanto desidratada. Em geral, a argila branca conta com uma concentração maior de alumínio, tendo também um pH muito similar ao da nossa cútis. Ao usá-la, conseguimos acalmar toda a região e, como bônus, estimular o processo de cicatrização.

Argila vermelha

É a pedida perfeita para peles extremamente vulneráveis e sensíveis. A opção é riquíssima em cobre e ferro, ambos minerais com ação anti-inflamatória. Além disso, esse tipo de argila ajuda a melhorar a textura e a elasticidade da face.

Argila rosa

Consiste em uma mistura entre a argila vermelha e a argila branca. Na maioria das vezes, tal alternativa é indicada para as pessoas com a pele delicada, que apresentam irritações constantes. Nela, podemos encontrar propriedades com grande poder cicatrizante e suavizante, sendo também excelente para aplicar em todo o corpo.

Argila preta

Chamada por muitos de “lama vulcânica”, a argila de coloração preta é recomendada para desintoxicar completamente a pele. Com ela, conseguimos combater a flacidez, tratar as manchinhas de pele e as incômodas linhas de expressão. Amamos!

Como aplicar a argila no rosto?

E, agora, vamos de boas notícias: usar a argila para pele é muito mais fácil do que parece. Para isso, basta seguir o passo a passo abaixo. Anote já!

  • Passo 1: limpe muito bem a sua pele, utilizando um gel ou sabonete específico para o seu rosto;
  • Passo 2: aplique a argila com a ajuda de um pincel. Caso não tenha esse acessório em casa, você pode realizar esse processo utilizando as pontinhas dos dedos;
  • Passo 3: lembre-se de não passar o componente na região abaixo dos olhos, nas pálpebras e nos lábios;
  • Passo 4: com tudo pronto, deixe a argila agir na cútis. Esse processo leva, em média, 20 minutos. De todo modo, é sempre bom ficar de olho nas recomendações do fabricante;
  • Passo 5: assim que a argila apresentar as bordas mais secas no seu rosto, você deverá enxaguá-la com água fria;
  • Passo 6: não deixe de finalizar esse cuidado aplicando um hidratante facial. E se a prática for realizada durante o dia, também inclua em sua rotina o uso do filtro solar. Combinadíssimo?

Viu só, bb? Com tantas informações bacanas, já temos certeza de que você entende tudo sobre o uso da argila para pele. Agora, o poder está em suas mãos: que tal arregaçar as mangas e levar esse cuidado para a sua rotina de skincare? Com certeza, o efeito será um espetáculo!

Se gostou do post e deseja continuar acompanhando outros conteúdos especiais, curta também as nossas páginas no Facebook, Instagram e YouTube. Nesses canais, será possível conferir dicas incríveis sobre moda, beleza, comportamento e muito mais. Vamos adorar te encontrar por lá!

Mondaine Brasil
Related Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *