Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas para começar AGORA!

DIA DA MULHER CAPA - Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas para começar AGORA!

O dia 8 de março é internacionalmente conhecido como o Dia da Mulher. A data foi criada com o objetivo de valorizar e celebrar a sua luta ao longo das últimas décadas, como as conquistas do direito de voto, a emancipação feminina e, até mesmo, a incansável batalha pela igualdade de gênero no ambiente de trabalho.

Infelizmente, ainda temos muito batalha pela frente para conseguirmos igualdade de direito. Mas, de qualquer forma, existem algumas atitudes que podemos adotar em nosso dia a dia e que, com o tempo, contribuem — e muito — para promover a nossa liberdade e empoderamento. E o melhor? Essas práticas têm tudinho a ver com a moda!

Por isso, fashion girl, trouxemos para este post uma “to do list” fantástica. Durante a leitura, daremos sugestões de atitudes incríveis para você adotar JÁ e que farão um bem danado para a sua autoestima. Vem conferir!

Dica #1: Dê unfollow em perfis tóxicos nas redes sociais

O que acha de começar este Dia da Mulher fazendo um detox geral na sua vida? Você pode não imaginar, mas um dos lugares que mais prejudicam a nossa autoestima, são as redes sociais. Em muitos perfis, encontramos influenciadores digitais que, simplesmente, vendem um padrão de beleza e lifestyle inalcançável para a nossa vida — e isso, só faz com que a gente fique super pra baixo.

Quer um exemplo? Vez ou outra, nos deparamos com meninas que têm o corpo considerado “perfeito” pela mídia e, automaticamente, começamos a apostar em dietas malucas ou passar horas na academia. É claro que, cada pessoa, tem o seu tipo físico e, dificilmente, você conseguirá alcançar o mesmo resultado que uma blogueira ou celeb. Nada de se maltratar, ok?

Para acabar com essa angústia, um passo importante é dar unfollow nesses perfis e passar a seguir quem realmente tem um estilo próximo do seu. Hoje, é fácil, fácil, encontrar nas redes sociais meninas que são fora do padrão, mas que possuem uma beleza igualmente extraordinária, se aceitam e são felizes assim.

A parte boa, é que elas nos ajudam a amar os nossos corpos, sem tantas cobranças ou imposições. Segue lá:

  • Ellora Haonne: @ellorahaonne
  • Letticia Munniz: @letticia.munniz
  • Gabi Oliveira: @gabidepretas
  • Luiza Junqueira: @luizajunquerida

Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas e comece JÁ

Dica #2: Vista aquela roupa “proibida”

Toda mulher, em algum momento, já se deparou com certas regras de moda um tanto absurdas e opressivas. Esse é o caso do “garotas cheinhas não podem usar listras”, ou então, “meninas com quadril largo não ficam bem de vestidos justinhos”, e por aí vai. São inúmeras “leis” que, em vez de facilitar o nosso dia a dia, acabam atrapalhando e nos deixando super de inseguras.

Mas, neste Dia da Mulher, a nossa proposta é que você quebre essas regrinhas e use tudo aquilo que tem vontade. O seu manequim é plus size e você está a fim de usar listras, modelos apertadinhos, regatas bem cavadas e todas aquelas roupas “proibidas” para o seu tipo físico? Se joga! O que importa é se sentir livre, leve, solta e, claro, confortável, para vestir o que bem entender!

O mesmo vale para o top cropped, que deixa boa parte da barriga à mostra. O ideal é se libertar essas ideias e encarar a moda como uma forma de expressão. Tudo isso, tendo bom senso e usando essas roupitchas em ocasiões que conversem bem com o dress code, é claro.

Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas e comece JÁ

Dica #3: Mostre o quanto quiser

Há quem diga que, para uma mulher ficar bela e elegante, é preciso ter equilíbrio e jamais utilizar blusas muito decotadas ou saias/shorts curtos demais — caso contrário, somos taxadas de vulgares e mais uma série de adjetivos depreciativos. Dá para acreditar?

Está mais do que na hora de revolucionar, deixar essa ideia lá para trás e montar as combinações que você desejar, sem se preocupar com o que os outros estão falando a seu respeito.

Não há problema algum em mostrar as pernas e o busto, desde que você esteja se sentindo bem com o seu look. E vamos combinar uma verdade? Ninguém está tão preocupado assim com o que estamos fazendo ou vestindo.

Às vezes, o nosso medo de sermos julgadas é muito maior do que qualquer outra coisa o que acaba limitando a nossa liberdade na hora de criar aquela produção baphônica. Ainda que, na prática, esse exercício seja difícil, às vezes, vale a pena ligar o botãozinho do “não estou nem aí”. Faça esse teste!

Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas e comece JÁ

Dica #4: Não se compare

Não tem jeito: a forma mais rápida para acabar com a sua autoestima e confiança, é se comparar com outras pessoas. Embora esse hábito seja um tanto comum, é essencial ter em mente que ele é extremamente tóxico.

Afinal, ao se comparar com outra mulher, instantaneamente, você começa a se achar inferior e passa a gostar cada vez menos do seu corpo. Chato, né? Portanto, em vez de sair por aí se comparando com modelos, celebs e it girls, que tal começar a olhar para dentro e ver que você é uma mulher única e poderosíssima?

Vale ainda lembrar que, assim como você não tem o corpo (e a fortuna), da Kylie Jenner, ela também não tem um corpitcho como o seu. Isso significa uma coisa: igual a você, só existe você no mundo. Aproveite!

Agora, se mesmo assim, você estiver com uma certa dificuldade para eliminar esse comportamento da sua vida, não se preocupe. Olha só algumas práticas que facilitam essa tarefa:

  • seja amável com outras pessoas e evite julgá-las;
  • não se cobre tanto. Você não precisa se transformar em uma heroína da Marvel para ser aceita entre a galera;
  • se olhe no espelho e veja uma mulher real, com defeitos e muitas qualidades;
  • valorize o seu progresso. Com certeza, você evoluiu muito nos últimos anos, não é?

Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas e comece JÁ

Dica #5: Incentive outras mulheres

Acredite se quiser: não é difícil encontrar garotas que são hiper inseguras com os seus corpos e não acreditam em seus potenciais, mesmo sendo verdadeiras divas no que fazem.

Mas é possível mudar esse cenário, sabia? Você não precisa ir muito longe — basta mexer alguns pauzinhos para ajudar outras mulheres a serem mais livres, a se amarem e a se respeitarem.

Isso pode ser feito de forma bem simples: com elogios sinceros, conversas acolhedoras ou, simplesmente, dando total suporte para que outras meninas alcancem os seus sonhos e sejam elas mesmas, sem medo de serem felizes. Faça isso com a sua mãe, tias, amigas, colegas de trabalho e, inclusive, aquela desconhecida que encontrar na rua. A vibe da sua vida vai mudar na hora!

Dia da Mulher é para se libertar. Veja 5 dicas e comece JÁ

E aí, curtiu as nossas dicas para começar esse Dia da Mulher fazendo a diferença? Ao adotar esses hábitos, tudo ficará mais leve e você nunca mais vai querer viver como antes.

Aproveite a leitura e compartilhe esse post com as suas amigas nas suas redes sociais. Elas também merecem ficar por dentro do assunto!

Mondaine Brasil
Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *